O que é?

A odontopediatria é uma especialidade que possui grande importância, pois é onde ocorre o primeiro contato da criança com o dentista. A primeira visita ao dentista deve ocorrer ainda nos primeiros meses de vida, para que assim, a criança desenvolva uma boa saúde bucal desde cedo.
A vinda periódica ao dentista na primeira infância é imprescindível na prevenção de cáries e inflamações na gengiva, mesmo que seja um dente decíduo (de leite), é necessário cuidar.
Os primeiros dentes nascem em torno de 6 a 8 meses de vida, e influenciam no desenvolvimento da criança, com relação a fonação, função, crescimento e desenvolvimento ósseo.

Por que o atendimento precoce é importante?

  • Antes da erupção dos dentes a mãe deve higienizar a boca do bebê com uma gaze úmida, limpando gengivas, língua e bochechas;
  • Após a erupção dos dentes, já deve-se fazer o uso de pasta fluoretada e escova de dentes;
  • Os primeiros dentes nascem em torno de 6 a 8 meses de vida, e influenciam no desenvolvimento da criança, com relação a fonação, função, crescimento e desenvolvimento ósseo;
  • Possibilita orientações quanto a escovação e quantidade de fluoretos, a qual depende da idade da criança. A orientação abrange também, em relação a hábitos alimentares e ao uso do açúcar, que deve ser evitado na infância.

A importância da vinda ao dentista desde cedo, possibilita orientações quanto a escovação e quantidade de fluoretos, a qual depende da idade da criança. A orientação abrange também, em relação a hábitos alimentares e ao uso do açúcar, que deve ser evitado na infância.

Procedimentos na odontopediatria

Prevenção

Profilaxia e aplicação de flúor.

A limpeza, também chamada de profilaxia, deve ser realizada a cada 6 meses como prevenção. Podemos verificar neste procedimento, a presença de manchas brancas (início da cárie) podendo já ser controlado com aplicações de flúor, impedindo a sua progressão. Na limpeza também é feito orientação de higiene oral e motivação para que o paciente também faça a higiene em casa.

Restaurações

Em casos onde o paciente possui cárie ou trauma dental, deve-se restaurar o dente, mesmo sendo de “leite”. É indicado remover a cárie e selar o dente, para que devolva a função e estética para o paciente, evitando também a dor.

Trauma dentário

É muito comum ocorrer acidentes na infância e caso ocorra, deve-se levar imediatamente ao dentista, pois o trauma pode levar à perda do elemento dental.

Outros procedimentos comuns na infância:

  • Ulotomia/Ulectomia: É um procedimento cirúrgico simples, onde as vezes possui a necessidade de fazer uma incisão na gengiva, para que ocorra a erupção do dente permanente.
  • Frenectomia: Trata-se da remoção do freio labial ou lingual, quando há indicação de dificuldade da fala.
  • Retenção prolongada: Quando ocorre a permanência do dente decíduo superando 6 meses ou mais em boca, possui a indicação de remoção do elemento dental, para que tenha espaço ao dente permanente erupcionar.

Perguntas frequentes

1. A partir de que idade devo levar meu filho ao dentista?

Como é comum a criança ter medo do desconhecido, o ideal é que desde o primeiro ano de vida priorize consultas periódicas.

2. É necessário realizar restaurações em dentes decíduos?

Sim, é de grande importância remover as cáries em dentes decíduos, para evitar um tratamento de canal ou até mesmo a extração do dente antes da cronologia correta.

3. Inflamação gengival também pode acometer as crianças?

Sim, se não houver uma boa higienização com a escova e o fio dental, o biofilme bacteriano adere na gengiva causando essa inflamação.

4. A partir de que idade devo fazer o uso de pasta fluoretada?

A escovação com pasta fluoretada deve-se iniciar assim que o primeiro dente decíduo nasce, utilizando escovas infantis e quantidade de pasta adequada orientada pelo dentista.

5. Meu filho tomou muito antibiótico, isso pode ter causado cáries?

Não, hoje sabemos que o antibiótico usado atualmente não tem o poder de causar cáries, o que muitas vezes acontece que no composto dos medicamentos feitos para as crianças possui alto teor de açúcar para tornar o sabor mais agradável.

Nossos diferenciais

  • Utilizamos materiais de alta qualidade e temos parceria com as melhores empresas do mercado.
  • Fotografias profissionais para planejamento e documentação de casos.
  • Atendimento individual humanizado. Nossa equipe é organizada e está sempre em treinamento para melhor atendê-lo.
  • Equipe de profissionais especializada e comprometida com os resultados.
  • Planejamento multidisciplinar.
  • Possibilidade de trabalhar com fluxo digital completo, nas cirurgias e próteses.

Seja um

Paciente Modelo IPPO

Seja um

Paciente Modelo IPPO

No IPPO você pode ser atendido tanto por nossos profissionais particulares quanto aproveitar as vantagens de ser um Paciente Modelo IPPO:

  • Atendimentos realizados em nossos cursos, por dentistas formados em pós-graduação
  • Orçamentos e condições diferenciados em relação ao atendimento particular
  • Supervisão realizada por professores Mestres e Doutores reconhecidos em todo o Brasil
  • Parceria com as melhores empresas do mercado
  • Utilização dos melhores e mais modernos materiais e técnicas disponíveis na Odontologia
Saiba mais

Agende uma avaliação

Quero ser Paciente Modelo IPPO

Quero ser paciente particular